quarta-feira, 30 de maio de 2012

Contando.

video

terça-feira, 29 de maio de 2012

Comida!!

Lá vou eu mostrar mais sites pra vocês!
Encontrei isso aqui e nem sabia que existia tanta comida deliciosa no mundo! Talvez precise se cadastrar pra ver as receitas, mas é rapido e fácil, dá pra fazer pela conta do facebook mesmo e vale muito a pena!
Divirtam-se e depois me contem se fizeram alguma receita do site (e se deu certo).
(Priii, hoje eu fiz de novo o repolho de forno. As crianças amam!!)
Beijo

quinta-feira, 24 de maio de 2012

(Re) Aproveite!

Eu gosto muito de procurar novidades na internet, e os sites das americanas cheias de filhos são os meus preferidos.
Hoje encontrei esse AQUI e garanto que mesmo quem não costura vai achar várias coisas interessantes. Essa mulher tem idéias brilhantes pra reaproveitar roupas largas, antigas ou bregas e transformá-las em blusinhas modernas, vestidinhos bonitinhos e etc. Idéia boa nunca é demais, né?
Aqui ela ensina como transformar uma calça larga/grande em calça skinny. Quem tiver tempo de procurar vai descobrir coisas bem interessantes. (E em algumas fotos que eu vi ali parece que ela é da Igreja, porque tem foto de casamento na frente do Templo e tambem quando ela fala sobre as cadeiras de rodas aqui.)
Espero que gostem tanto quanto eu.
Beijos.

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Criticar.


Acabei de receber esse email do meu marido, que deve estar querendo me dizer alguma coisa importante. talvez sirva pra vocês tambem:

"CRITIQUE DO JEITO CERTO
(Enviado por email aos pais das escolas conveniadas ao Sistema Ser da editora Abril em maio de 2012)

Muitas crianças choram escondidas, têm medo de fazer amigos, evitam situações novas e preferem o isolamento. São crianças cuja autoestima está baixa, não confiam nelas próprias e não têm grandes expectativas em relação ao futuro. Possivelmente já receberam muitas críticas ácidas, comentários depreciativos e broncas em público. Foram diariamente desqualificadas. Falta-lhes até mesmo alegria para viver.
Para compreender melhor como evitar que isso aconteça, precisamos conhecer como a autoestima saudável é construída.
A autoestima saudável é fruto de elogios adequados baseados em fatos reais e motivados pelo afeto. Entretanto, é fácil cair no extremo oposto: crianças que só recebem elogios e jamais são criticadas não suportam a dor da perda, não têm maturidade para corrigir os próprios erros e se tornam chantagistas emocionais: vivem fazendo birra para ganhar mais atenção, carinho e novos elogios. Quando adultas, a convivência com elas torna-se insuportável.
Se só elogiar não dá certo então como criticar da forma correta?
A resposta é simples e direta: criticando assertivamente.
Uma crítica assertiva ataca o problema, jamais a criança. Aponta para o erro, não para a pessoa. É objetiva, nunca subjetiva. Vamos aos exemplos:
Nunca diga: “Você é um relaxado, olhe só que sujeira esse quarto”. Diga: “Que nojo esse quarto, que bagunça, olhe só quanta sujeira. Pode começar a arrumá-lo”.
Jeito errado: “Filho, você é um irresponsável, novamente não deu comida para o cachorro”. Jeito certo:“Filho, você não deu comida para o cachorro de novo!”
Evite: “Seu vagabundo, vai logo fazer a lição de casa e as tarefas que te mandei.” Prefira: “Faça já a lição de casa e as tarefas que te mandei.”
Nos três casos, o ataque à criança por meio de xingamentos (relaxado, irresponsável, vagabundo) foi eliminado e a crítica foi dirigida diretamente ao problema. Esse é o segredo. Agindo dessa forma, a criança pode consertar o erro e até receber elogios por ter feito o que fora solicitado. Se, por outro lado, ela tivesse sido humilhada, mesmo que fizesse suas tarefas ou consertasse seus erros, sua condição de humilhação não mudaria, ela não conseguiria deixar de ser relaxada, irresponsável ou portadora de qualquer outro adjetivo que a desqualifique, já que isso não depende de suas atitudes, mas da opinião da outra pessoa.
Além da assertividade, há outra orientação que você deve levar em conta: críticas devem ser feitas em particular, jamais em público. Nada de falar dos erros de seu filho na frente das visitas, da avó ou dos colegas dele. A publicação de críticas promove uma falsa sensação de poder, já que tantas pessoas estão se envolvendo na situação. Isso incentiva a repetição do problema. Uma crítica assertiva e em particular abre espaço para o pedido de desculpas e para a afirmação mútua de afeto.
Critique do jeito certo e as crianças terão muito mais chances de crescer com maturidade emocional e alegria de viver.

Marcos Meier é escritor, psicólogo e mestre em educação. Contatos pelo site www.marcosmeier.com.brSeus livros estão à venda na loja: www.kapok.com.br"



Achei bem interessante muito verdadeiro. Dificil, mas possivel.
Beijos.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

FB.

Como muitas já viram, estou de volta ao FaceBook essa maldita praga que me persegue. Ha 6 meses eu deletei minha conta do FB e fiquei muito bem durante esse tempo sem ele e todas as irritações que eu tava passando com os comentários bobos que as pessoas insistem em compartilhar. Morri de saudade dos bate-papos que invadiam a madrugada e de acompanhar todas as fotos que vocês colocam das comemorações e dos filhos pequenos. Mas aproveitei pra colocar umas coisas em ordem por aqui e foi ótimo!

Agora aqui estou eu, refazendo uma conta no mais famoso site de relacionamentos. Mas tudo tem uma explicação, e aqui vai. Eu estou numa fase diferente. Ocupada com as costuras e envolvida com as crianças e a casa até o pescoço, mas mesmo assim preciso preencher o tempo que me sobra antes de dormir (clique aqui para ver essa que vos fala em um momento ridículo). Já falei que sofro pra dormir né? E tudo indica que nos proximos meses as coisas vão piorar, porque quanto mais coisas na cabeça e preocupações menos eu durmo.

Então é isso, vou me esforçar pra controlar o tempo que gasto no computador e peço desde já que se alguem ai me encontrar por muito tempo no FB durante o dia pode me dar uma bronca  e lembrar que eu tenho muito mais o que fazer alem de gastar o precioso tempo ali. E se encontrar on line depois das 21h pode me chamar pra conversar.. essa é a melhor hora pra isso.
Conto com o apoio de vocês! =)
Beijocas.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Aniversário e canto.

video




Semana passada foi o aniversário de 4 anos do Tutu. Não posso acreditar que o tempo está passando TÃO rápido! Quem fez o bolo foi a Tia Came e a galera adorou!

O videozinho vai de brinde pra vocês verem como eu tenho um soprano e um baixo em casa. Haha.

Beijos.

domingo, 22 de abril de 2012

Acontecimentos.


Sabe quando dizem que criança quando ta quieta é porque ta fazendo arte? Aqui é assim, mas quem faz a arte sou eu. Aproveito as folguinhas pra costurar, e confesso que se pudesse faria isso o dia/noite inteira. Voltei do cruzeiro com uma vontade louca de aprender a fazer o tal do QUILT LIVRE. Encontrei uns sites tão legais com videos e explicações e perco o sono assistindo e praticando. Se alguem tiver interesse me avisa que eu mando o endereço da fonte da sabedoria. Hahaha. Qualquer hora faço um post sobre minha relação com o quilt e essas coisas de costura.


Achei que minha sala tava precisando de almofadas novas. Na verdade ta precisando de mais coisas novas, mas eu nao sei fazer muita coisa alem de almofada e cortina. =)

Ontem fomos ao shopping e as crianças se divertiram. Aproveitamos e fomos ao cinema assistir O Lorax. Eu acho interessante como hoje em dia tem essa visão da conscientização por todos os lados e como posso sentir a preocupação com o Planeta aqui dentro de casa. Deveriam ter começado a se preocupado com isso ha mais tempo, né?







E aquela árvore ali fica aqui na minha rua, ao lado de casa. Acho que é uma Paineira Rosa. Eu espero o ano inteiro pra ver ela bem florida assim. Não é a coisa mais linda?
Bom, vou descansar porque amanha é segunda. E quem é dona de casa sabe que segunda é segunda.