quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Carnaval que Nada!






Bom dia!!
Agora que temrinou o feriado todas as coisas voltam ao normal, ainda bem! É claro que é ótimo ter uns dias de folga, tempo livre pra passear e ficar com a família. Mas eu gosto mesmo é de quando as coisas recomeçam, quando as pessoas voltam ao seu dia a dia normal, quando voltam de viagem cheios de novidades e fotos e adoro reencontrar e ouvir as historias. Nós aproveitamos o tempo livre e fizemos algumas coisas diferentes. Primeiro foi o picnic num dia lindo de sol, fomos até o Botânico e almoçamos por lá. Levamos comida e uma colcha grande pra colocar no chão, uma bola, e as crianças se divertiram. E eu é claro, tirei fotos! Também ficamos bastante com a familia do meu marido, e como tem outras crianças, eles aproveitaram bastante! Ahh, não tem como deixar de falar das comidas do feriado.. como a gente comeu! Empadão, macarrão, BurgerKing, OutBack, churrasco, carne de onça, doguinho.. assim é dificil manter a cinturinha! Haihiha!
Beijinhos

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Tarde Livre!



Olá!
Aproveitei minha "tarde silenciosa" de hoje pra cozinhar! É que amanhã algumas amigas vêm almoçar aqui, então preparei tudo pra amanhã não me matar muito. Vamos comer empadão. Quem gosta?? Quando terminei de fazer percebi que sobrou massa e recheio, então fiz empadinhas pras crianças comerem hoje. A aparência do empadão ficou bem melhor, mas o gostinho ta uma delicia!




quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Primeiro Dia de Aula


Hoje começou mais uma etapa pra mim: A vida escolar da Bebela! Quem ja passou por isso sabe exatamente o que eu senti hoje quando larguei a minha prinesa lá, misturada com tantas crianças de roupas iguais e aos cuidados de uma pessoa estranha. Pensei que ela ia chorar, me agarrar e implorar pra não ficar sozinha, mas mais uma vez ela me venceu! Não quis segurar minha mão, não me abraçou e nem deu tchau, sentou na cadeirinha e ficou la, nervosinha mas feliz! E quem saiu chorando fui eu, a mãe, me sentindo abandonada, preocupada, perdida e sozinha. Bom, fui viver a vida e cuidar do filho que restou. Fomos ao mercado juntos, tomamos sorvete, e nos divertimos. Quase morri de dó quando ele perguntou sobre a Bebela. Agora precisamos nos acostumar com as tardes silenciosas até que o outro nenê nasça. Falando nele, sexta-feira vou fazer ecografia e descobrir se é menino ou menina. Depois conto o resultado!
Beijinhos!